segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A JS se mostrando para o Marcos e se sentindo a dona do pedaço

O Marcelo e sua paixão para a vida inteira, achar que a vida é brincadeira - Música da minha turma da 6 série :D


Hoje eu estou sentindo um mix de sentimentos, quer dizer, agora. Uma amiga da vida inteira, sei lá, do primário passou o fim de semana aqui, saímos e revimos as fotos/orkuts/afins das pessoas que estudaram com a gente. Incrível o que o tempo fez com a gente. Eu era muito feliz na escola, sempre fui. Eu era boa aluna, sempre tirava nota boa, estudava na véspera, ajudava os amigos e tinha facilidade em fazê-los. E hoje ao ver as fotos eu senti saudade, porque eu mudei de escola (no passo que foi o melhor e mais importante da minha vida!) e perdi contato com algumas pessoas... Mas isso não as fez menos queridas. Uma amiga se casou, a outra dá aula na nossa antiga escola, a outra nem mora mais no Rio... Eu fico feliz de ter mantido uns poucos amigos de lá fiéis, mas mesmo eles é difícil de reunir. 
Foi uma das melhores épocas da minha viiida, era uma escola de freiras, com uniforme de saia abaixo do joelho, blusa com o emblema, sapato fechado, pasta pesada, lá era proibido correr/andar de mãos dadas/mascar chiclete/usar celular, tinha aula de religião e lá também eu me apaixonei pela primeira vez, fiz amigos inesquecíveis, fui separada dos meus amigos na sala por conversa, e colocada para fora de sala, quebrei 2 dentes, virei os anões de jardim de cabeça para baixo, espalhei lenda sobre 1001 mulheres de branco e fiquei com medo delas, fingi rezar quando a irmã diretora passava, aprendi que existem 70 tipos de "queimado" diferentes, fiz uma apresentação sobre o sistema circulatório dos anfíbios, vi 2 amigas brigarem para sempre, vi a JS ficar grávida com 14 anos e se superar, levei flor para a capela, toquei flauta doce, tirei 10 em ccálculo mental, tirei 2 em desenho geométrico, brinquei de pique esconde no porão, recebi carta de amor, briguei com o pessoal da turma da tarde, fiz musiquinha para as pessoas, joguei papel molhado no teto do banheiro, me pintei de urucum e fui índia, dancei "vermelhou no curral, a idologia do folclore vermelhou", descobri que minha voz é um lixo para coral, fiz ponto de cruz, acertei que misto era com s, joguei aladdin, peguei livro da biblioteca e não devolvi, chutei as canelas do João, chorei na despedida do prof Marcos, comi a melhor coxinha de galinha do mundo, usei as fichinhas vermelha e amarela, não pisei de sapato na quadra nova, fiz basquete, ganhei campeonato, fui a rainha da tabuada na primeira série, tirei um 10 em física, cantei "mamãe eu quero", vi estrelas, brinquei no teatro, fiz maquete, terminei correndo o dever da Darlene de matemática, me apaixonei por português, vi a Andreza cair dura no chão, dei flor para amigas, perdi a capa do cd dos BSB, corri pela rampa, vi a língua do código de Hamurabi ficar presa na parede, morri de rir muitas vezes, levei bilhetinho para os pais na agenda, vi alguém quebrar a estátua de Maria, respondi e fiz vários cadernos de perguntas, vendi pulseira de miçangas, fiz cartazes, defendi o socialismo, minha 7C foi chamada de turma emergente, fui diretora de rádio, me espetei com o cacto da caatinga, fui representante de classe, briguei e puxei muuitos cabelos de menina, fingi ser a spice girl/chiquitita/sailor, perdi o tênis da minha mãe, achei que tinha um quarto com esqueletos na quadra velha, invadi a casa das madres, rezei todo dia durante Maio o mês de Maria enquanto tocava a musiquinha, tive minha saia levantada na escada, ganhei o álbum do shurato quando eu estava fora de sala, dei muita cola... E eu sempre queria chegar mais cedo, apesar de sempre chegar atrasada, para encontrar os meus amigos e fazer zona na aula, era sempre da turma faladeira, saudades para sempre.

10 comentários:

vida cotidiana disse...

Que lindo o seu texto, bom ter momentos para recordar, são coisas que não esquecemos jamais, lindo, bjs

Nanda disse...

Nossa,eu achei muito lindo isso que você relatou no texto!!!!infelizmente,meus amigos do primário não tem mais contato comigo...acho que muitos nem moram mais aqui no rio,as que moram algumas já sao casadas,são mães,e parecem não sentir falta dos amigos.mas eu nunca me esqueço...era tão bom ^^
bjs

Marcela disse...

Poxa, que post mais lindo. Dá uma saudade, do que, no meu caso, acabou de acabar. Se bem que saudade eu tenho até a 8ª série, depois mudei de escola, e a única coisa que eu gostava eram os professores, já que não falava com muita gente. E assim foi até 2008, quando finalmente terminei aquilo que chamei de 'palhaçada de ensino médio idiota'.

Mas é bom relembrar, rever, reviver!

Abraços.

Hecton P.Domingos disse...

Sua história nos faz pensar...nos faz entrar no cenário que se faz, e que se fez.

Adorei o comentário, volte sim mais vezes..e adorei o seu blog. Típico de mulheres independentes e sagazes...


Um Forte Abraço.

Caio Lopes disse...

Sensacional, Patty, sensacional.
Um dia ainda faço uma coisa dessas.

Mulheres Alteradas disse...

Oi, estou retribuindo a visita...gostei daqui, passarei mais vezes.
E olha, embora meu estado no momento seja assim, não gosto nada desse negócio de se apaixonar de se perder sabe?!

Beijos
Alice

Aline Kamaroff. disse...

Nossa, adorei!
Que saudades do tempo de escola...
Engraçado, estava lendo e falando : eu fiz isso, isso tambem, e isso...

P.s. obrigada por seu coments, apareça mais vezes.
beijos.

O amor e etc. disse...

Acho essas roupas super sexys. Queria estudar erm um colégio assim! Adoro olhar para trás e ver que curti minha infância, é gostoso demais. Você aprontou, hein!!

o casalqseama* disse...

putz, eu também tenho óóóóóótimas lembranças dessa época... nossa única responsabilidade é estudar e ser feliz! adorei o post!


bjão da fê =D

Ka disse...

nossa

eu tenho ótimas lembranças tb... mas a maioria eh do CPII afinal entrei na setima...

do CSM eu lembro de mtas coisas mas nenhuma q seja TAO marcante

e infelizmente nao restaram mtos amigos da epoca

mas do CPII felizmente existem varios

beijos e vou sexta tah

 
Template by suckmylolly.com